Rebeca aterrissa nas tripas de Borba Gato

Não acredito em superação. Acredito em políticas públicas. Sempre que se louva o indivíduo como produto de si mesmo, se enaltece o capitalismo que produz uma desigualdade tão abissal que nega à maioria das meninas negras a chance até mesmo de se alimentar de forma saudável. A narrativa da superação comete ainda uma violência adicional contra os já tão violentados, a de que poderiam ter sido Rebeca se tivessem se esforçado mais, a de que mães sozinhas, às voltas com o sustento e os filhos, aviltadas de tantas formas, teriam “produzido” Rebecas se tivessem se dedicado mais. Também por Rebeca e por tudo o que ela representa, porque representa, essa narrativa feita seguidamente em nome do bem precisa ser colocada abaixo como as estátuas dos assassinos. Não devemos usar Rebeca contra todas as Rebecas. Nem mesmo quando precisamos muito de boas notícias e de redenção.

(leia a coluna inteira no EL PAÍS Brasil)

A ginasta Rebeca Andrade depois de receber a medalha de ouro em Tóquio. LINDSEY WASSON / REUTERS (Reprodução do El País)

A ginasta Rebeca Andrade depois de receber a medalha de ouro em Tóquio. LINDSEY WASSON / REUTERS (Reprodução do El País)

Eduardo, preciso te contar que teu pai e a Amazônia estão ameaçados de morte

Minha  carta ao filho do líder camponês Erasmo Theofilo, nascido quando a família estava escondida para não ser assassinada. Ele e sua geração não têm escolha: ou lutar ou morrer.

Depois de nascer longe de casa, Eduardo voltou à sua comunidade em Anapu, no Pará. Na foto, tirada em 20 de julho, o menino está com seu pai, Erasmo Theofilo, liderança camponesa marcada para morrer. NATALHA THEOFILO (Reprodução do El País)

Depois de nascer longe de casa, Eduardo voltou à sua comunidade em Anapu, no Pará. Na foto, tirada em 20 de julho, o menino está com seu pai, Erasmo Theofilo, liderança camponesa marcada para morrer. NATALHA THEOFILO (Reprodução do El País)

Leia no El País

 

Bolsonaro é mito, sim

O impeachment é urgente para derrubar o homem que já assassinou mais de 525 mil brasileiras e brasileiros, mas para destruir a criatura mítica será preciso refundar o Brasil.

Manifestantes protestam contra Bolsonaro em São Paulo, no dia 3 de julho de 2021. DPA VÍA EUROPA PRESS / EUROPA PRESS (Reprodução do El País)

Manifestantes protestam contra Bolsonaro em São Paulo, no dia 3 de julho de 2021. DPA VÍA EUROPA PRESS / EUROPA PRESS (Reprodução do El País)

Leia no El País (em português e em espanhol)

Bolsonaro puede haber matado y robado a la vez

¿Cómo vivir bajo el dominio de un presidente sospechoso no solo de haber propagado el virus, sino también de haber retrasado la vacunación en nombre de una trama de corrupción?

(minha coluna no El País de Madrid – só em espanhol)

El presidente brasileño, Jair Bolsonaro, en una comparecencia la semana pasada. UESLEI MARCELINO/REUTERS (Reprodução do El País)

El presidente brasileño, Jair Bolsonaro, en una comparecencia la semana pasada. UESLEI MARCELINO/REUTERS (Reprodução do El País)

 

Página 1 de 5812345...102030...Última »